Olimpíada Solidária de Estudo


Na próxima quarta-feira, 5 de novembro de 2008, começa em mais de 300 salas de estudo e bibliotecas divididas em 12 países da Europa, África e América, a VI Olimpíada Solidária de Estudo,www.olimpiadasolidaria.com.
Como funciona: Cada estudante que tiver interesse na atividade pode se dirigir a uma das salas habilitadas pela olimpíada e converter as suas horas de estudo em dinheiro (Euros na Europa e Reais no Brasil) graças à ajuda dos patrocinadores. Participar é muito simples: ao entrar na sala de estudo, o jovem pega o papel moeda correspondente as horas que programou estudar, uma vez terminado este tempo e antes de sair, o responsável pela sala confere o horário e autoriza a inserção do papel moeda na urna.  Cada hora de estudo é equivalente, no Brasil, a um Real para ajudar estes cinco projetos:
- Ampliação da Escola de Hospitalidade Os Pinhais em São José dos Pinhais, Brasil.
- Equipamentos para laboratórios das quarto escolas “Mains Ouvertes” no Haiti. 
- Formação para infância, juventude e mulheres em Camarões. 
- Apoio escolar para crianças e adolescentes na Angola. 
- Capacitação Profissional dos Jovens em Guayaquil, Equador.
A Olimpíada Solidária de Estudo quer incentivar durante um mês o estudo de mais de 12.500 jovens, que é a previsão de participação, vinculando suas horas de esforço de estudo com a colaboração em projetos sociais.                                                                                                    
A base desta atividade de sensibilização e solidariedade é o clássico ditado, “o tempo vale ouro”. Aos estudantes universitários e do ensino fundamental e médio só se pede o esforço de estudar, já que a Olimpíada procura promover a interação entre: solidariedade, educação e juventude. Os diversos patrocinadores se encarregam de converter em dinheiro as horas estudadas pelos jovens nas bibliotecas.
Desta maneira os jovens estudantes mostram o seu compromisso e solidariedade de maneira ativa e se convertem em protagonistas do processo de mudança que querem impulsionar com a sua ajuda às comunidades mais necessitadas. Esta campanha tem várias metas: despertar os jovens para a cidadania ativa e o seu papel na sociedade; dar a oportunidade de participar em uma ação solidária, com seus próprios recursos (o estudo); ter novos enfoques educativos que façam o estudo mais atraente.
As cinco edições anteriores da Olimpíada já acumularam 450.000 Euros, graças às horas de estudo de quase 40.000 jovens que participaram. Nesta VI edição, a primeira no Brasil, se espera conseguir mais 190.000 horas de estudo entre os 12 países que participam: Brasil, Espanha, Alemanha, Bélgica, Burundi, República Checa, Costa do Marfim, Eslováquia, Itália, Letônia, Lituânia e Suécia. Ao todo serão 311 salas de estudo previstas para esta edição.
A Olimpíada Solidária de Estudo possui uma página na internet interativa, www.olimpiadasolidaria.com, em que cada uma das salas realiza a sua contagem de participantes e horas de estudo e com isso se pode conferir o resultado a cada dia.
Participe e Divulgue! 

Postagens mais visitadas deste blog

Dicas para definir o Objetivo Geral e Objetivos Específicos de um projeto

Passo a passo: Como criar uma ONG