O Novo Transporte Carioca

Por Marlon Câmara

Um meio de transporte altenativo surge no Rio de Janeiro. Foi inaugurada hoje, dia 28 de outubro, a primeira estação do Projeto Bike Rio, realizado pela Prefeitura do Rio em conjunto com a empresa Serttel, e parceria com o Banco Itaú. Para prestigiar o evento de abertura, estiveram presentes o apresentador Luciano Huck, um dos idealizadores do projeto, o presidente da Serttel, Angelo Leite, o vice-presidente executivo do Itaú Unibanco Zeca Rudge e o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes. A triatleta Fernanda Keller foi a apresentadora da cerimônia.

A ideia do Projeto, segundo Luciano Huck, surgiu em uma viagem sua com a familia para a Europa. "Essa ideia eu tive no ano passado quando viajei com a Angélica e as crianças e pude perceber como eles utilizam a bicicleta por lá. Quando retornei, liguei para o prefeito e falei, 'temos que fazer um projeto igual a esse aqui no Rio'. Ele gostou da ideia e disse que eu só precisava conseguir um apoio financeiro para realizarmos isso".

O Projeto consiste em estações para aluguel de bicicletas que ficam espalhadas por diversos pontos da zona sul da cidade. Para utilizar o serviço, os interessados devem se cadastrar pela internet através do site http://www.movesamba.com.br/ e adquirir o passe Samba. O usuário, então, pode optar pela mensalidade de R$ 10,00 ou a diária de R$ 5,00 para fazer uso do transporte, que pode ser utilizado quantas vezes por dia a pessoa quiser, por 60 minutos ininterruptos. Após esse tempo, o usuário deve estacionar a bicicleta em uma das estações e esperar 15 minutos para liberá-la novamente. A liberação pode ser feita através do aparelho de celular ou do smartphone.

De acordo com o presidente da empresa concessionária Serttel, a tecnologia empregada pelo Bike Rio é de alto nível, sendo comparável às que vêm sendo implantadas na Europa para esses fins atualmente. Angelo Leite contou ainda que até dezembro desse ano o projeto terá 60 estações em bairros da zona sul e no Centro, e contará com 600 bicicletas, número esse que deve ser aumentado para 2600 em 2012.

Para Eduardo Paes, com a implantação do projeto, o Rio de Janeiro consegue caminhar para uma significativa diminuição dos principais gases poluidores presentes na cidade, já que o Bike Rio tem por objetivo oferecer um transporte sustentável e prático à população. "O nosso próximo passo é buscar conscientizar os motoristas a respeitarem os ciclistas e ensinar os ciclistas a respeitarem os pedestres", concluiu o prefeito.

Postagens mais visitadas deste blog

Dicas para definir o Objetivo Geral e Objetivos Específicos de um projeto

Passo a passo: Como criar uma ONG