Ministério vai chancelar cidades criativas


Brasília – O Ministério da Cultura (MinC) vai conceder um selo para as cidades que instituírem políticas públicas de desenvolvimento a partir de soluções baseadas na criatividade e na cultura local.
O reconhecimento será lançado no segundo semestre deste ano e, durante sua implantação, a secretária da Economia Criativa do MinC, Cláudia Leitão, participará de uma série de encontros pelo país sobre cidades criativas.
A proposta do MinC é conceder a chancela às cidades criativas em novembro – quando se comemora, no dia 17, o Dia da Criatividade. A secretária explica que cidades criativas são aquelas que potencializam políticas públicas, tendo a cultura como eixo de desenvolvimento e buscando soluções compartilhadas com a sociedade.
O MinC está construindo a metodologia do reconhecimento das cidades e de um prêmio a organizações não-governamentais (ONGs) e empreendedores criativos.
De acordo com Claudia Leitão, não adianta apenas a cidade ter, por exemplo, um calendário de eventos culturais, se não há qualidade de vida para a sua população. Por isso, uma das premissas da cidade criativa é a sustentabilidade. “Tem de ser criativa mais do que culturalmente, mas, também, com soluções criativas para os seus problemas”.
A secretária explica que as cidades premiadas com o selo receberão apoio do governo federal para que fixem naquele território empreendimentos criativos. Uma das propostas do ministério é a criação dos Agentes de Desenvolvimento, que darão assessoria às cidades criativas. Eles serão os responsáveis por levar o trabalho já desenvolvido nos Criativas Birôs – escritórios de apoio a empreendedores, criados a partir de parceria com os governos estaduais e instalados nas capitais – aos profissionais e empreendedores criativos.
(Texto: Neila Baldi, Ascom/SEC/MinC)

Postagens mais visitadas deste blog

Dicas para definir o Objetivo Geral e Objetivos Específicos de um projeto

Passo a passo: Como criar uma ONG