Fundo ELAS - Gestão Escolar para Equidade: Elas nas Exatas

O Fundo ELAS inova e lança o edital “Elas nas Exatas”, em uma parceria inédita com o Instituto Unibanco e a Fundação Carlos Chagas. O edital surge com o objetivo de contribuir para a redução do impacto das desigualdades de gênero nas escolhas profissionais e no acesso à educação superior das estudantes através da sensibilização da gestão escolar  e da  envolvência de alunas e alunos, com atuação em um novo espaço estratégico: o ambiente escolar.

O público-alvo beneficiado deverão ser alunas alunas de Ensino Médio e serão apoiadas iniciativas desenvolvidas em escolas públicas de todo o país.

Podem participar no edital associações, organizações e grupos informais de mulheres ou mistos da sociedade civil, que se dediquem à promoção da educação, e/ou defesa dos direitos das mulheres e/ou aos direitos humanos com experiência de atuação na área da educação. E podem também as associações representativas de escolas públicas, como associações de pais e Mestres etc.

Os projetos propostos podem utilizar diversas estratégias. Algumas das sugestões indicadas no edital são: realização de eventos (cursos, seminários, jornadas, palestras, depoimentos); ações para propor mudanças nos currículos e programas pedagógicos; iniciativas que visem desenvolver boas práticas escolares; atividades de capacitação e formação de meninas (feiras de ciências, gincanas educativas, palestras com especialistas, feira de profissões, projetos para jovens cientistas); incentivo à participação de alunas em ações como olimpíadas de matemática, feiras de desenvolvimento de projetos e competições de conhecimento; produção de campanhas informativas na área; programas de aulas complementares para alunas com foco nas ciências exatas e naturais; fomento de projetos e trabalhos interdisciplinares;  articulação de parcerias para oficinas e cursos complementares de robótica, programação e cálculo; promoção de encontros das estudantes com mulheres que sirvam como referências por sua inserção e sucesso profissional no campo das ciências e tecnologias; produção e elaboração de materiais audiovisuais, inovadores  e criativos para difusão entre jovens, com novas tecnologias de comunicação, redes sociais, rádio, vídeo, cinema, que convidem a conhecer mais sobre o tema e ações em redes sociais para compartilhamento de campanhas e informações sobre o acesso de mulheres a carreiras nas Ciências Exatas e Tecnologias.

Serão apoiados 10 projetos e as inscrições devem ser feitas até o dia 3 de novembro de 2015.

Para mais informações clique aqui.

Postagens mais visitadas deste blog

Dicas para definir o Objetivo Geral e Objetivos Específicos de um projeto

Passo a passo: Como criar uma ONG