Novos projetos educacionais e culturais

Os ministérios da Cultura (MinC) e da Educação (MEC) assinaram no último dia 8 de dezembro um acordo de cooperação técnica com o objetivo de desenvolver ações de políticas de Cultura para a Educação Básica. As ações do acordo terão início em fevereiro de 2012 com o objetivo de atender, até 2014, cinco milhões de estudantes da rede pública de todo o país.

As ações promovidas no pacto serão a Mais Cultura Nas Escolas, que vai selecionar projetos que promovam a interface entre cultura e educação, propostos por escolas públicas participantes dos programas Mais Educação e/ou Ensino Médio Inovador, do Ministério da Educação, em parceria com Pontos de Cultura, artistas, grupos culturais, museus, bibliotecas e espaços culturais diversos. 

Além disso, terá início a ação Agentes de Leitura/Mais Educação, que é a ampliação para a rede escolar de um programa que seleciona e capacita jovens para a formação de novos leitores. São selecionados 4 mil agente, entre 18 a 29 anos, que recebem um kit com livros, mochila, uniforme e bicicleta e uma bolsa mensal de R$ 400 para realizar visitas domiciliares, promovendo atividades de promoção de leitura com 25 famílias de alunos da escola, preferencialmente do Programa Bolsa Família. 

Outro edital a ser lançado é o do Cine Educação, o qual realizará a capacitação de professores e disponibilizará acervo cinematográfico nacional de títulos da Programadora Brasil/Cinemateca Brasileira. Serão criados mil cines em 2012.

Entre as ações consta também o Programa Nacional Biblioteca Escolar – PNBE/ARTES que disponibilizará acervos de livros de arte e mídias diversas (discografia, filmografia, entre outros), a todas as escolas públicas.

Durante a vigência do acordo, será realizada ainda pesquisa, mapeamento e georreferenciamento de iniciativas que promovam interface entre Cultura e Educação. A ação envolverá elaboração de indicadores sobre as relações entre as práticas culturais que dialogam com as educativas, assim a definição do perfil territorial das áreas de influência das escolas públicas. O acordo prevê ainda formação continuada para professores de Artes, com previsão de atingir até 2014 cerca de 10 mil profissionais da área.

Postagens mais visitadas deste blog

Dicas para definir o Objetivo Geral e Objetivos Específicos de um projeto

Passo a passo: Como criar uma ONG